sábado, 23 de outubro de 2010

Carros e Oficinas

Quem é que nunca sonhou com um descapotável? Lá vamos nós de cabelos ao vento e óculos escuros. Elas com um lenço Burberry, sim, já que estamos a sonhar em grande, não vos vamos ficar apenas pelo carro, e eles de Panana Hat, um Monte Cristo, para quem não sabe, são uns chapeuzinhos brancos ou amarelados, com uma fita preta, o mais barato ronda ai os 400€… pouca coisa para quem tem um descapotável. Isto são sonhos, porque na realidade, as coisas no dia a dia são bem diferentes… Nós precisamos é de um carrinho barato, económico, pequeno, de fácil arrumação, com uma cilindrada baixa, por causa do selo, e de preferência um carro modesto devido ás futuras substituições de peças. Temos de pensar no futuro, porque vamos ficar a pagá-lo por algum tempo. Muito longe do descapotável, este carro também tem de ser baratinho, porque para além da prestação há mais coisas para pagar… Muitos de nós vamos atrás do descapotável, ou algo parecido, carros vistosos, mas… em segunda mão, cintilantes aos nossos olhos, mas verdadeiras maças envenenadas, que nos precipitam para um verdadeiro labirinto de oficinas, e aqui conhecemos os verdadeiros feiticeiros de OZ, e entrarmos numa vertiginosa espiral de desperdício de dinheiro e mentiras. Normalmente andamos assim durante um ano, completamente cegos, só pensamos no descapotável, nada mais interessa… o pior é quando ao fim de um ano, continuam a surgir problemas… começamos a pensar, a analisar… e começamos a ficar realmente deprimidos… e chegamos à verdadeira conclusão, de que o descapotável é uma ilusão… e quem realmente pode andar neles, é porque tem um cachet bem alto ao fim do mês, ou é administrador de uma grande empresa, ou politico, ou então jogador de futebol… O pobre deve mesmo ficar com o sonho e viver a sua realidade, porque a aparência não é tudo, existem valores muito mais nobres, e que muitos dos que podem mesmo ter um descapotável não tem.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Halloween em Alfarim

Desafio: Vamos colocar uma Abóbora à entrada, ou nos muros das nossas casas na noite de 31 de Outubro.

De Oeiras para a Mata de Sesimbra

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Marilyn, o sapato feito de tachos e panelas que se tornou famoso

A escultura de um sapato gigante, feito de tachos e panelas, da autoria de Joana Vasconcelos, foi arrematado em leilão, em Londres, por quase 260 mil euros.
A artista portuguesa realizou cinco esculturas de sapatos com tachos e panelas e tampas de aço, únicas e diferentes entre si, às quais atribuiu o nome de mulheres ou personagens associadas à ideia de beleza e charme: Dorothy, Cinderela, Priscilla, Carmen Miranda e Marilyn.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Mais uma vez... INESQUECIVEL

video

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Carapauzinhos das Artes do Meco

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

A Chupeta - Prémio de Publicidade


video