terça-feira, 31 de agosto de 2010

Kara Walker

Capa do "THE NEW IORKER", 2007, homenagem a Kara Walker
Kara Walker é uma artista afro americana, nascida em 1969 na Califórnia.
Graduou-se na “Rhode Island School of Design” e completou sua formação na “Atlanta College of Art”, nas áreas de gravura e pintura.
Os seus trabalhos discutem violência, sexualidade e racismo.
Utiliza imagens de livros históricos e constrói as figuras com recortes de papel negro. Algumas vezes, executa a pintura directamente sobre a parede.
Participou em exposições no “Metropolitam Museum of Art”, “MOMA”, “Guggenheim”, “MOMA de São Francisco” e “Whitney Museum”, participou ainda na Bienal de São Paulo.
Vive e trabalha em Nova York.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Hortelã e originalidade

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Segredos da Terra em Alfarim – Sesimbra


Uma amena brisa marinha, o aroma fresco dos pinheiros, um espaço agradável e acolhedor, simpatia e hospitalidade, sabores próprios, antigos e fresquíssimos... só podiamos estar a falar dos SEGREDOS DA TERRA, em Alfarim.
Os preços são acessíveis porque este é um espaço de todos, para desfrutar sem pressas.
A equipa é empenhada e com um sentido único de comunidade e forte motivação.
Uma verdadeira tentação, visitem!
http://www.segredosdaterra.com/

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Keith Haring

Keith Haring foi um artista gráfico e activista norte americano (1958-1990). As suas obras reflectem a cultura nova-iorquina de 1980. Os seus trabalhos foram grandemente influenciados pelos grafitiis e reflectem um conjunto de temas homo-eróticos
Começou a ganhar notoriedade a desenhar a giz nas estações de metro de Nova Iorque.
Participou em diversas bienais e pintou vários murais pelo mundo inteiro (Sydney, Amesterdão, Muro de Berlim).
Em 1988 abre um Pop Shop em Tóquio. Na ocasião, afirma:
"Na minha vida fiz muitas coisas, ganhei muito dinheiro e diverti-me muito. Mas também vivi em Nova Iorque nos anos do ápice da promiscuidade sexual. Se eu não apanhar AIDS, ninguém mais apanhará."
Meses depois declara numa entrevista à revista Rolling Stone que tem o vírus HIV. De seguida, cria a Keith Haring Foundation, a favor das crianças vítimas de AIDS.
Em 1989, perto da igreja de Sant'Antonio Abate, em Pisa, Itália, executa a sua última obra pública o grande mural intitulado Tuttomondo, dedicado à paz universal.
Haring morreu aos 31 anos de idade, vítima de complicações de saúde relacionadas com AIDS, tendo sido um forte activista contra a doença, que abordou mais que uma vez em suas pinturas.
http://www.haring.com/

domingo, 22 de agosto de 2010

A Baía Encantada

Praia do Ribeiro Cavalo - Sesimbra

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Bonnie e Clyde

Warren Beatty e Faye Dunaway no filme de 1967 "Bonnie e Clyde uma rajada de balas"

Bonnie Parker e Clyde Barrow, iniciaram por volta de 1930, uma vida vertiginosa de foras da lei.
Assaltaram bancos, assassinaram e para além do temor que lançaram por todo os EUA durante 1930, viveram uma das mais emblemática e míticas histórias de amor.
Bonnie nasceu numa família pobre e foi uma excelente e talentosa aluna, Clyde, também de famílias muito humildes, desde cedo se dedicou a actividades ilicitas, que o levaram ao cumprimento de várias penas de prisão ainda novo. O seu objectivo na vida, não era ficar famoso e rico, mas sim vingar-se do sistema prisional americano, pelos abusos que sofreu na prisão, chegou mesmo a confessar sentir-se culpado pelos assassínios que cometeu.
Assim que se conheceram apaixonaram-se imediatamente.
Bonnie largou tudo para seguir o Clyde e dali para a frente ela foi a sua mais leal companheira.
Juntos, com a ajuda de outros bandidos e do irmão de Clyde, os dois formaram uma quadrilha que aterrorizou por quase quatro anos o centro dos Estados Unidos, assassinaram civis e policiais, assaltaram bancos, lojas e postos de gasolina.
Depois de uma verdadeira “caça ao homem”, foram mortos numa emboscada
numa estrada deserta no Estado do Louisiana.
Foram mitificados pela imprensa americana na altura, e foram imortalizados até aos nosso dias pela sua vida breve, aventureira, apaixonada e errante.

Clyde Barrow and Bonnie Parker

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Nématodo (Largartas do Pinheiro)

Talvez já tenham reparado na quantidade de pinheiros, que ao longo das nossas estrada estão secos.
As árvores matem-se de pé como verdadeiras heroínas, mas a sua valentia não vai resistir por muito tempo... já estão mortas.
O responsável é um verme, transmitido ás árvores por um insecto, o Nemátodo.
A sua dispersão está limitada ao período de voo do insecto, de Abril a Outubro.
Depois de instalado no pinheiro, as larvas desenvolvem-se nas árvores, transformando-se em insectos adultos na Primavera do ano seguinte, abandonando os pinheiros e transportando consigo o Nemátodo.
As árvores contaminadas são perfeitamente identificadas através do amarelecimento e murchidão das agulhas, ramos secos e quebradiços, que acabam na secura total da copa das árvores.
A doença pode ser combatida com a remoção dos pinheiros e o controle do insecto.
A responsabilidade de remoção das árvores é dos proprietários e são uma obrigação legal. Há legislação em vigor e apoios para o combate a esta moléstia, informem-se junto da Exploração Florestal da área.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Bombeiros


Ontem na nossa terra, Alfarim, estava uma quentíssima noite de Verão, dentro de casa, o calor era insuportável, por isso saímos para a rua em busca de um ar mais fresquinho.
Uns sentados na esplanada do Alfa, outros no passeio a conversar, a fila no Multibanco quase chegava à estrada e haviam carros estacionados por todos os lados.
A noite estava maravilhosa e serena, quando o som estridente de uma sirene, não sabíamos se era ambulância, bombeiros ou policia, interrompeu a nossa tranquilidade
Do parque do Restaurante Alfa e do Multibanco, estavam viaturas a entrar e a sair, que possivelmente com o barulho do carro a trabalhar e o rádio ligado, não ouviram com toda a certeza a sirene.
Completamente de rompante surgiu, a alta velocidade um carro dos Bombeiros, que ignorou por completo o trânsito local e as pessoas que circulavam na altura, e que não provocou nenhum dano físico ou material, por milagre…
Quando são chamados para uma ocorrência, os bombeiros tentam chegar o mais rápido possível ao local, mas isso não lhes dá o direito de colocar em risco vidas ou os bens alheios.
A vida é o bem mais precioso que temos, mesmo comparado com casas recheadas com trabalho de uma vida inteira ou com o habitat natural.
Segundo dados recolhidos pela Liga dos Bombeiros Portugueses, sete em cada dez acidentes que envolvem ambulâncias, devem-se a erro dos condutores de veículos em marchas de emergência.
Será que têm formação para conduzir a alta velocidade?

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Nós... o que somos...

"E que somos nós? ... Românticos. (Eça de Queirós, no último capítulo do livro "Os Maias")
Ou seja, indivíduos inferiores que se governam na vida pelo sentimento, e não pela razão...
Hoje em dia por detrás de uma linguagem generalizada e melosa, solidária e aparentemente generosa, cheia de estratégias de marketing, está um humano cada vez mais vazio, descrente, egoísta, possessivo, hipócrita e oportunista, com princípios muito duvidosos, que luta como na Idade da Pedra, pela sua sobrevivência individual num ambiente de "salve-se quem puder".