sexta-feira, 9 de abril de 2010

Assim vai a nossa terra, o nosso concelho, o nosso país

Buracos, desnivelamentos, calçada solta, tampas desalinhadas, estradas sem asfalto… é esta a situação que neste momento temos em Alfarim…
À um tempo atrás já tínhamos assistido a este “filme”, porque é que voltaram a abrir valas novamente? Porque é que não fizeram logo tudo de uma vez? Onde é que está o planeamento e coordenação dos trabalhos? Estavam à espera do calor primaveril para iniciar estes trabalhos?
Durante o fim-de-semana, com a afluência à terra, Alfarim vê-se envolvida numa nuvem de pó.
Os nossos pobres carros saltitam de buraco em buraco e embatem de vigia em vigia…
Esta situação é vergonhosa para os dirigentes camarários que permitem e favorecem este tipo de obras, que me parecem a mim completamente desorganizadas e sem qualquer tipo de planeamento. Pelo concelho circulam desgovernadas viaturas com o logótipo da Câmara, vão pôr os filhos e os netos à escola, vão almoçar a casa… enfim
Para colocarem um “sinal” estão 5 funcionários no local, 2 viaturas e o mais diverso material. Durante a semana andam a pastelar para fazerem horas extraordinárias aos fim-de-semanas. Isto é ridículo e revoltante. Nós habitantes estamos revoltados e insatisfeitos.

1 comentários:

Anónimo disse...

Descontamos nós para este pessoal andar a resolver a vidinha particular deles.