sexta-feira, 19 de novembro de 2010

"Farinha Predilecta boa para a avó e também para a neta!”

Que saudades da Farinha Predilecta “Boa para a avó e também para a neta!”
A minha mãe juntava-lhe uma casquinha de limão e depois polvilhava por cima com açúcar, Hum… que delicia!
Deixava-a arrefecer um bocadinho para ficar com uma crosta crocante do açúcar...
Há pouco tempo ainda havia à venda no “Quim Zé”, será que ainda há?
Na Rua de São Bento, em Lisboa, existia uma loja chamada “Casa das Farinhas”.
Nesta loja havia caixas de lata dispostas em prateleiras de madeira com toda a qualidade de de farinhas avulsas que se possa imaginar.
Vendia para instituições e a retalho de porta aberta para quem quisesse.
Por detrás da loja existia um moinho onde os cereais eram moídos, e um forno onde era torrado.
Quem por lá passou ainda guarda esse cheirinho!
O estilo de vida moderno não combina com um pequeno-almoço ao estilo Farinha Predilecta, hoje em dia tudo é fast e instantâneo.

0 comentários: