sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Leve encanto

Estávamos os dois ali,
num qualquer Hotel virado para o mar,
o mar mediterrâneo,
sobre uma enseada escarpada,
com varandas verdejantes e floridas,
sopram os ventos quentes do norte de África,
está calor,
ouve-se o som do mar,
de olhos fechados imagino,
e mato saudades das minhas memórias,
sorri-o,
é delicioso viver o intenso das memórias,
das boas memórias,
que nos marcaram e ensinaram,
instintivamente passas a tua mão sobre a minha,
abro olhos,
observas-me encantado,
e eu digo,
sonhava contigo…

0 comentários: