quarta-feira, 4 de julho de 2012

Segurança

Na Sexta-feira passada Sesimbra viu-se submersa em forças policiais, que assustaram quem andava na rua e melindraram os estabelecimentos comercias abertos, com toda a legislação possível que pudessem pegar para levantar multas e assim entrar mais alguns eurozitos nos cofres do estado. Não estivesse já o comércio a sobreviver a balões de oxigénio com a crise, eles foram também ajudar. É Claro que existe o outro lado da moeda, os turistas que por lá andavam, e eram muitos, estávamos em época de santos populares, assistiram perplexos e receosos a todo aquele aparato. A aparente vila pacata e segura, podia na realidade ser um gueto qualquer de Chicago dos anos 60. Com a localização costeira a ajudar a cimentar os rumores de entradas de coisas, aquelas coisas proibidas, pela sua costa, esta intervenção veio mais uma vez sustentar este burburinho….
Pois todos nós gostamos muito dos Senhores Policias, aliás eles existem para manter a ordem e defender-nos, nós agradecemos, queremos segurança.
Já em Alfarim, em pleno dia, assaltam-se senhoras na rua e roubam-se recheios de casas, tudo na maior tranquilidade. Faz-me lembrar as velhotas quando iam a Lisboa, de autocarro e depois de cacilheiro, com os seus cordões de ouro ao pescoço e aparecia, não sei de onde, alguém a correr, e lá se ia o fio, quando não era a mala com a carteira. Esta história repetiu-se em Alfarim, duas vitimas, uma delas quase agredida, porque o fio não se partiu.
Nuns sitios de mais,  em outros de menos...

0 comentários: