quinta-feira, 21 de abril de 2011

"RESTREPO"

A minha curiosidade cinéfila já me levou a ver os filmes mais estranhos, ou não, que possam imaginar, no entanto muitas vezes tenho surpresas boas. Um dos últimos filmes ou documentário, que vi foi o “RESTREPO”.
Um relato verídico e original, com personagens reais, que se desenvolve no Vale Korengal no Afeganistão, onde um pelotão de soldados americanos tem a sua base.
Muitas vezes questiono a guerra, inclusive a do Afeganistão, onde já morreram milhares de pessoas. Estes soldados, típicos americanos, fanáticos pela sua pátria, mostram neste documentário as suas fragilidades como seres humanos.
Durante estas filmagens um dos Soldados é morto, o soldado Juan Restrepo, considerado por todos um dos mais fortes, o que deixa todos bastante abalados. Apesar desta morte bastante comovente, a forma fácil com que disparam a metralhadora é para mim brutal, estamos a falar de pessoas como nós, e há baixas de ambos os lados, afinal aquela é a terra dos afegãos. Será que os $ que ganham por dia, compensam as mazelas que ficam para o resto da vida?
Aconselho a todos a visualização desta agressiva metragem, nomeada este ano para o Óscar de melhor documentário.
Nota:
Esta quarta-feira o fotógrafo de guerra e realizador deste filme, Tim Hetherington, morreu na Líbia, vítima de um ataque com um rocket.

0 comentários: