quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Ilya Zomb











Imagens de bailarinas, elefantes e frutas gigantes aparecem como se saíssem de um sonho, o artista que as pinta diz que é a vida quotidiana de Nova York, onde vive, e que inspira os seus voos de fantasia . Chama-se Ilya Zomb e nasceu na Rússia.
O possível e o impossível, o real e o irreal, pinturas quiméricas, mentiras no cruzamento indescritível da realidade e da fantasia pura, fazem das obras de Ilya Zomb, trabalhos brilhantemente concebidos.
Eles são uma reminiscência de mestres como Botticelli, Degas e Magritte, que apesar de inúmeras comparações permanecem curiosamente únicas. Imagens incrivelmente teatrais, que recordam os sonho, danças ou os feitos de natureza desafiando artistas de circo. Quando olhamos para estes quadros viajamos para países exóticos, para mundos novos e estranhos e não nos cansamos de observá-las... maravilhosas...

0 comentários: